COMO PEDIR A APOSENTADORIA DA ENFERMEIRA NO INSS? 

Compartilhe

COMO PEDIR A APOSENTADORIA DA ENFERMEIRA NO INSS?  - Aposentadoria Especial da Área da Saúde

Como pedir a aposentadoria da enfermeira no INSS, e não encontrar dificuldades, ou como deve ser esse pedido é nosso tema de hoje. O que fazer para pedir a aposentadoria especial da enfermeira?

Após anos de trabalho como enfermeira, e com a possibilidade de se aposentar se aproximando, você sabe o que fazer para solicitar a aposentadoria?

Acompanhe o texto de hoje para entender como é o processo de pedido de aposentadoria especial e entender como será feita a análise do seu pedido, conforme os seguintes tópicos.

COMO PEDIR A APOSENTADORIA DA ENFERMEIRA NO INSS?  - Aposentadoria Especial da Área da Saúde

1 . O sistema do INSS

  1. Requisitos da aposentadoria especial
  2. Documentos necessários
  3. Quanto tempo vai demorar o pedido?
  4. Em conclusão

Para se manter atualizado sobre benefícios do INSS ou direitos trabalhistas nos siga nas redes sociais, procure por “Lucas Tubino” no Facebook, Instagram, TikTok, Kawai e LinkedIn e se inscreva no nosso canal do youtube.

COMO PEDIR A APOSENTADORIA DA ENFERMEIRA NO SISTEMA O INSS? 

O INSS digitalizou seu sistema, e os pedidos de aposentadoria agora podem ser feitos direto pelo “Meu INSS”, que é um aplicativo que pode ser baixado no seu celular ou, que pode ser acessado pelo seguinte endereço:

https://meu.inss.gov.br/#/login

O seu login é o seu CPF e sua senha, caso você tenha acessado algum serviço online do governo federal (Carteira de trabalho digital, Cartão de vacina do SUS, etc…) será a mesma já criada.

Dentro do sistema do “Meu INSS” há a opção de realizar novo pedido, e lá você terá a opção de requerer a aposentadoria por tempo de contribuição.

Detalhe importante: Não há um pedido separado para aposentadoria especial, dentro da opção de aposentadoria por tempo de contribuição, você irá informar se trabalhou ou não em atividade especial.

Após preencher as informações necessárias, você deverá juntar todos os documentos solicitados pelo INSS, esses documentos devem estar legíveis, coloridos e em formato PDF.

IDENTIFICAR OS REQUISITOS DA APOSENTADORIA ESPECIAL E COMO PEDIR A APOSENTADORIA DA ENFERMEIRA NO INSS?

Depois de explorar e conhecer o sistema do INSS, é importante checar se você reúne os requisitos para o benefício de aposentadoria especial.

Existe um  documento chamado CNIS, todas as informações sobre sua vida contributiva e que o INSS já possui estão ali, contudo, pode haver algum período que não esteja no CNIS.

Portanto, é importante checar também sua Carteira de Trabalho.

Ao analisar o CNIS e a Carteira de trabalho você precisa checar se reúne os seguintes requisitos:

25 anos de tempo de contribuição em atividade especial – esse é o principal requisito para a aposentadoria especial.

Se você já tinha 25 anos de atividade especial em 12/11/2019, já cumpriu o requisito para a aposentadoria especial pela regra antiga, ou seja, anterior à reforma da previdência.

Agora, se você completou ou ainda vai completar os 25 anos de tempo especial após 12/11/2019,  precisará, além deste requisito, completar 60 anos de idade.

Porém, há uma regra de transição que te permite aposentar pela especial sem ter que esperar pela idade mínima e ela consiste no seguinte:

Se você completou 25 anos de tempo de contribuição em atividade especial, e a soma de todo o seu tempo de contribuição (especial ou não) com a sua idade seja igual ou superior a 86, você pode se aposentar, não importando sua idade.

Nesse sentido, já fizemos um texto: Aposentadoria especial da área da saúde: 5 erros e como evitá-los

Assim, se você trabalhou como enfermeira, uma análise do seu caso é determinante para verificar a possibilidade ou não de se aposentar e qual a regra mais vantajosa.

AVALIANDO OS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS E APÓS, COMO PEDIR A APOSENTADORIA DA ENFERMEIRA NO INSS? 

Agora que você já está familiarizado com o sistema do INSS, baixou o CNIS e conferiu com os dados da Carteira de trabalho e verificou que cumpre com os requisitos para o recebimento da aposentadoria especial, é necessário fazer o pedido no site do INSS e subir os documentos necessários.

Vai ser necessário juntar os seguintes documentos, digitalizados em PDF e coloridos:

  • Documento de identidade
  • Carteiras de trabalho (cópia de todas as páginas de todas as Carteiras de trabalho que possuir).
  • Documentos que comprovem que as atividades exercidas eram especiais.

A comprovação do tempo especial é a parte mais importante da aposentadoria especial, pois, se o INSS não considerar aquele período trabalhado como especial, você não terá direito ao recebimento do benefício.

Hoje em dia, o documento utilizado para comprovar essa especialidade é o Perfil Profissiográfico Previdenciário – PPP, e ele é fornecido pelas empresas onde você trabalhou.

Há outros documentos que podem comprovar que a atividade exercida era especial, para saber mais sobre eles, recomendo que assistam esse vídeo do nosso canal do youtube:

3 DOCUMENTOS PARA TRANSFORMAR SUA APOSENTADORIA COMUM EM ESPECIAL

Após o envio de todos os documentos, será necessário acompanhar o pedido, pois, muitas vezes o INSS envia notificações solicitando documentos complementares ou mais informações, e deixar de cumprir com essas exigências pode fazer com que o benefício seja indeferido!

QUANTO TEMPO VAI DEMORAR O PEDIDO DE APOSENTADORIA DA ENFERMEIRA? 

Com certeza, essa é a maior dúvidas que recebemos quando se trata de qualquer benefício requerido ao INSS:

Quanto tempo vai demorar?

Infelizmente, é impossível determinar em quanto tempo o INSS vai analisar o seu pedido de aposentadoria especial.

Os pedidos de aposentadoria especial costumam demorar um pouco mais que um pedido de aposentadoria por idade, por exemplo.

Isso porque, conforme vimos no tópico anterior, há mais documentos a serem analisados pelos servidores do INSS, o que contribui para a demora na análise dos pedidos de aposentadoria especial.

Também, é importante que você saiba que os servidores ainda cometem muitos erros ao analisar esses documentos, deixando de considerar períodos especiais, ou mesmo, algum período constante na carteira de trabalho e sem contribuições no CNIS.

Por conta desses erros, os benefícios podem ser indeferidos ou concedidos com valor menor do que se teria direito, e nesses casos, é possível entrar com recurso da decisão.

Esses recursos chegam a durar anos até serem resolvidos, por isso, não há como prever em quanto tempo o seu benefício será analisado.

EM CONCLUSÃO

Para poder dar entrada no pedido de aposentadoria, é importante que a enfermeira conheça o sistema do INSS e verifique se os dados constantes neste estão corretos.

Além disso, organizar a documentação necessária e solicitar os PPPs às empresas onde trabalhou é essencial para uma maior possibilidade de deferimento da aposentadoria, lembrando que não é possível determinar um prazo para esse pedido ser analisado.

Autora: Raísa Fahl Joaquim

COMO PEDIR A APOSENTADORIA DA ENFERMEIRA NO INSS?  - Aposentadoria Especial da Área da Saúde

Compartilhe
Denis Coltro
Denis Coltro

Advogado Previdenciário desde 2014, inscrito na OAB/SP 342.968. Formado pela UNIFUNEC (Santa Fé do Sul/SP).

Artigos: 226

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.