COMO CALCULAR O TEMPO ESPECIAL PARA A APOSENTADORIA?

Saber calcular o tempo especial para a aposentadoria é importante para saber a melhor hora de se aposentar. É preciso calcular o tempo...

Saber calcular o tempo especial para a aposentadoria é importante para saber a melhor hora de se aposentar.

É preciso calcular o tempo especial (período com trabalho insalubre ou perigoso) para fins de aposentadoria. Desse modo, pode-se conseguir se aposentar no melhor momento. Aposentar muito precocemente, pode não garantir a melhor aposentaria. Demorar muito para aposentar, pode fazer com que, por meses ou até anos, deixe-se de receber uma renda mensal.

(o texto continua após a imagem)

Calcular o tempo especial

Calcular o tempo especial

Antes de tudo, merece ser esclarecido que a contagem especial do tempo garante uma aposentadoria antecipada.

Primeiramente, o trabalhador que atingiu o tempo especial de 25 anos possui o direito de se aposentar especial. Para saber mais, acesse o nosso texto Aposentar Antes dos 50 Anos de Idade é Viável?

No entanto, é muito frequente o caso do trabalhador que não permaneceu por 25 anos em atividade especial. Todavia, neste caso, o tempo trabalhado com exposição a agentes insalubres ou perigosos não foi perdido.

Apesar de não ter atingido os 25 anos de trabalho especial, é possível fazer a conversão do tempo e calcular o tempo especial na aposentadoria.

Para cada ano trabalhado em condições especiais, o INSS acrescenta um período adicional. No caso dos homens, este período é de 40% a mais. De outro lado, no caso das mulheres, este adicional é de 20%.

Caso um homem não tenha trabalhado exposto a condições especiais por 25 anos, o INSS faz uma conversão de tempo. Em relação ao período trabalhado com exposição a tensão superior a 250 Volts, há o cômputo de mais 40% do tempo.

Exemplificando…

Exemplo: um trabalhador que ficou exposto a tensão superior a 250 Volts por 15 anos (com a conversão de mais 40%) será computado o período de mais 6 anos, ou seja, 21 anos. Tendo trabalhado mais 14 anos em atividades sem exposição a riscos, poderá se aposentar (21 anos + 14 anos = 35 anos), mesmo tendo trabalhado, por 29 anos (15 anos + 14 anos).

Deste modo, neste exemplo, o trabalhador conseguiu se aposentar 6 anos antes.

Do mesmo modo ocorre com as mulheres, salvo quanto ao adicional de conversão, que ao invés de 40% é de 20%. Entretanto, para a mulher basta atingir 30 anos de contribuição, enquanto para o homem é necessário completar 35 anos.

Para a devida contagem, é importante a Carteira de Trabalho e o PPP (Perfil Profissiográfico Previdenciário). Também é importante providenciar o CNIS através do site www.meuinss.gov.br .

Para saber mais sobre a Aposentadoria Especial e o tempo trabalhado com periculosidade e insalubridade, clique na imagem abaixo:

#40daaposentadoria #AposentadoriaEspecial #calcularotempoespecial

83 comentários

  1. Olá! Gostaria de tirar uma dúvida: Sou concursado há 18 anos como técnico em enfermagem, porem trabalhei outros 3 anos em um hospital filantrópico, também como técnico em enfermagem. Minha pergunta é: Hoje com 21 anos de contribuição em regime especial, consigo me aposentar? Meu órgão de aposentadoria do município disse que somente com 35 anos de contribuição, mesmo eu mostrando pra ele essa matemática de conversão de 1.5 para homens. Poderia me ajudar me esclarecendo essa dúvida?
    Desde já, agradeço a atenção!!

    • Olá Adriana.
      Por favor, preencha o formulário que pode ser acessado no link a seguir para que possamos analisar o seu caso:
      http://lucastubino.rds.land/consultaprevidenciaria
      Obrigado!

      • Boa tarde tenho 47 anos de idade tenho 19 anos e 3 mês de contribuição desse 19 anos tenho 10 de firma de insalubridade ppde me dizer quanto tempo falta

        • Olá André!!

          A aposentadoria especial é dada quando completa os 25 anos de atividade.

          Mas agora tem que cumprir as regras de transição da Reforma da Previdência:

          Art. 21. O segurado ou o servidor público federal que se tenha filiado ao Regime Geral de Previdência Social ou ingressado no serviço público em cargo efetivo até a data de entrada em vigor desta Emenda Constitucional cujas atividades tenham sido exercidas com efetiva exposição a agentes químicos, físicos e biológicos prejudiciais à saúde, ou associação desses agentes, vedada a caracterização por categoria profissional ou ocupação, desde que cumpridos, no caso do servidor, o tempo mínimo de 20 (vinte) anos de efetivo exercício no serviço público e de 5 (cinco) anos no cargo efetivo em que for concedida a aposentadoria, na forma dos arts. 57 e 58 da Lei nº 8.213, de 24 de julho de 1991, poderão aposentar-se quando o total da soma resultante da sua idade e do tempo de contribuição e o tempo de efetiva exposição forem, respectivamente, de:

          I - 66 (sessenta e seis) pontos e 15 (quinze) anos de efetiva exposição;

          II - 76 (setenta e seis) pontos e 20 (vinte) anos de efetiva exposição; e

          III - 86 (oitenta e seis) pontos e 25 (vinte e cinco) anos de efetiva exposição.

          § 1º A idade e o tempo de contribuição serão apurados em dias para o cálculo do somatório de pontos a que se refere o caput. § 2º O valor da aposentadoria de que trata este artigo será apurado na forma da lei.

        • Boa noite, tenho 46 anos de idade e 20 anos de carteira sempre trabalhei nas áreas de risco consigo dar entrada na aposentadoria se conseguir pegar os ppp...

      • Tenho 20 anos de contribuiçã.sendo 12 deles trabalhando à noite; dos 12 vinte e cinco por cento com trabalho exposto a ruído de máquina textil .tenho direito à insalubridade ?quantos anos ganharia na contagen de tempo?
        `

      • jose.souza28@globomail.com no meus cálculos devo ter +- 32 anos de contribuição trabalhei 2 anos em uma fábrica química e 4 anos em ultra tenho os ppps das duas não sei como calcular grato José ( whatsap 11995411082

      • trabalhei 25 anos no comércio e trabalhei 8 anos como vigilante patrimonial armado eu já consigo me aposentar rogeriosimoesmilagres@hotmail.com

      • Tenho 50 anos de idade, 1 ano e 8 meses de Empresa e mais 30 anos de serviço público concursado como atendente de enfermagem e durante o período de 27 anos trabalhei em regime de escala dando plantões diurno e noturno na função de técnico de enfermagem em internação e emergência de hospital público em escala de 12 horas,chegando a um total de 140 horas mensais sendo concursado pela Funasa recebendo insalubridades. Tenho direito a aposentadoria especial ou aposentadoria comum.

      • Boa tarde. Minha mãe tem 52 anos, e há 19 anos trabalha como cozinheira em um hospital, esse é o único registro dela. Com quantos anos aproximadamente ela consegue dar entrada na aposentadoria?

      • Olá Divina!

        Sugiro que faça a senha do MEU INSS, e verifique seu CNIS. E nas empresas que trabalhou com agentes prejudiciais a saúde ou integridade física, consiga os PPP.

        E ai sim dará para fazer um cálculo mais detalhado.

      • Por favor
        Trabalhei com periculosidade entre 01/02/1991 à 31/05/1995 , 4 anos(48 meses) e 04 meses .
        - Como calcular o período para acrescentar no tempo de serviço?
        - É verdade que o INSS deixou de considerar a periculosidade a partir de 1997 ?
        Neste caso, o meu período foi de 01/02/1991 a 31/05/1995. Então, eles devem consideram este meu período adicional de periculosidade ?
        - No meu PPP não está mencionado a periculosidade, mas tenho todos os holerites deste período e que provam que eu tinha adicional de periculosidade

        • Bom dia!

          Deve converter o tempo especial em comum pelo fator 1,4. Ou seja, 40% para o homem. Para a mulher, é 1,2 que corresponde a 20%.

          Sim, desde 1997. Contudo isso tem sido diferente na justiça.

          O PPP é o documento mais importante, se não consta lá os fatores de risco, tem que possuir a descrição da sua atividade corretamente. Assim, peça a regularização desse documentos.

          Seu holerites serão importantes.

    • Tenho 28 anos de contribuição previdenciária sendo que 16anos em trabalho em serviços aeroportuário, tenho direito a aposentadoria especial?
      Obrigado.

      • Olá Douglas, tudo bem?

        Terá que comprovar no mínimo 25 anos de atividade especial, isso por meio do PPP.

        E agora tem as regras de transição:

        Art. 21. O segurado ou o servidor público federal que se tenha filiado ao Regime Geral de Previdência Social ou ingressado no serviço público em cargo efetivo até a data de entrada em vigor desta Emenda Constitucional cujas atividades tenham sido exercidas com efetiva exposição a agentes químicos, físicos e biológicos prejudiciais à saúde, ou associação desses agentes, vedada a caracterização por categoria profissional ou ocupação, desde que cumpridos, no caso do servidor, o tempo mínimo de 20 (vinte) anos de efetivo exercício no serviço público e de 5 (cinco) anos no cargo efetivo em que for concedida a aposentadoria, na forma dos arts. 57 e 58 da Lei nº 8.213, de 24 de julho de 1991, poderão aposentar-se quando o total da soma resultante da sua idade e do tempo de contribuição e o tempo de efetiva exposição forem, respectivamente, de:

        I - 66 (sessenta e seis) pontos e 15 (quinze) anos de efetiva exposição;

        II - 76 (setenta e seis) pontos e 20 (vinte) anos de efetiva exposição; e

        III - 86 (oitenta e seis) pontos e 25 (vinte e cinco) anos de efetiva exposição.

        § 1º A idade e o tempo de contribuição serão apurados em dias para o cálculo do somatório de pontos a que se refere o caput. § 2º O valor da aposentadoria de que trata este artigo será apurado na forma da lei.

  2. Gostaria de calcular e si tenho direito a insalubridade trabalhei em banco e Acougue tenho 25anos de contribuição e 56 anos sou diabético ainda trsbslho registrado em Acougue muitos anos de Acougueiro.. tenho direito a insalubridade

    • Olá, eu sou eletricista e recebo periculosidade no holerite, e na minha carteira digital está uma informação de IEAN, estou a 13 anos na profissão, no meu caso com mais 12 anos eu aposentaria?

      • olá...

        não pelas regras atuais, pois precisa de uma idade minima.

        mas para a regra de transição precisa dos 86 pontos, com um tempo de contribuição especial de 25 anos.

        não se esqueça que a eletricidade está sendo discutida se volta a ser especial.

  3. Boa tarde,trabalho há 20 anos na área de saúde,sou assistente de saúde bucal,fiquei sabendo que posso me aposentar mas cedo,desejo saber com quantos tempo de serviço?Aguardo a resposta,obrigado.

    • Olá!!!

      Sim, se aposentam com 25 anos de trabalho.

      Mas agora tem que cumprir as regras de transição da reforma:
      Art. 21. O segurado ou o servidor público federal que se tenha filiado ao Regime Geral de Previdência Social ou ingressado no serviço público em cargo efetivo até a data de entrada em vigor desta Emenda Constitucional cujas atividades tenham sido exercidas com efetiva exposição a agentes químicos, físicos e biológicos prejudiciais à saúde, ou associação desses agentes, vedada a caracterização por categoria profissional ou ocupação, desde que cumpridos, no caso do servidor, o tempo mínimo de 20 (vinte) anos de efetivo exercício no serviço público e de 5 (cinco) anos no cargo efetivo em que for concedida a aposentadoria, na forma dos arts. 57 e 58 da Lei nº 8.213, de 24 de julho de 1991, poderão aposentar-se quando o total da soma resultante da sua idade e do tempo de contribuição e o tempo de efetiva exposição forem, respectivamente, de:

      I - 66 (sessenta e seis) pontos e 15 (quinze) anos de efetiva exposição;

      II - 76 (setenta e seis) pontos e 20 (vinte) anos de efetiva exposição; e

      III - 86 (oitenta e seis) pontos e 25 (vinte e cinco) anos de efetiva exposição.

      § 1º A idade e o tempo de contribuição serão apurados em dias para o cálculo do somatório de pontos a que se refere o caput. § 2º O valor da aposentadoria de que trata este artigo será apurado na forma da lei.

  4. Bom dia. Por favor me tire uma dúvida, se alguém possuí, 23 anos e 3 meses de carteira assinada e tem PPPs de 11, 9 Anos e de 6, 6 Anos, tem condições de requerer aposentaria especial na área de saúde, mais especificamente em laboratório?
    Adailton Lima

      • Olá José!

        Diante do seu caso, é interessante verificar se os PPP estão bons.

        Se tem os 25 anos com atividade especial, em tese teria direito a esse benefício. Se não completou tem que converter os tempos especiais pelo fator 1,4.

  5. Sou servidor publico federal do ministerio da saude, funçao guarda de endemias, tenho 55 anos e 4 meses
    32 anos de serviço insalubre, ja tenho direito de aposentar pela especial.

  6. Ola bom dia me chamo Vanderlei ja peguei o tempo das empresa precisava de uma acessória para buscar nas empresas que trabalhei, o PPP pra ajuntar com os anos do clt
    Meu contato (19) 992030097 Vanderlei

  7. Como consegui PPP, para aposentadoria e a empresas trabalhei abriu falência onde consegui esse documento.

  8. Bom dia, gostaria de tirá uma dúvida. Trabalhei oito anos como vigilante, sendo três anos em uma empresa e cinco em outra, só que ambas fecharam, e eu não tinha o pop. O sindicato pode emitir esse documento?

    • Olá Carlos!

      O PPP emitido pelo sindicato não tem força de prova.

      Precisa ver com seus ex-colegas de trabalho se eles possuem algum documento. Mas temos conteúdo no nosso site sobre quando a empresa fechou e não deu os PPP.

    • Bom dia.
      Tenho 49 anos trabalhei como mecânico de automoveis em uma empresa ha 27 anos com isalubridade .
      Eu tenho direito aposentadoria especial?
      Gostaria de saber quanto tempo falta .

  9. Olá. Meu pai tem 22 anos e 8 meses de contribuição sendo que 10 anos foi em atividade especial comprovada em ppp, 49 anos de idade, ele consegue requer aposentadoria especial, em caso de negativa esses 10 anos de ppp acrescenta mais algum tempo na contribuição?

    • olá jorge!

      Se esses 5 anos for comum, não entra na especial, mas sim, apenas na aposentadoria comum. Para ser especial, tem que trabalhar pelo menos 25 anos de atividade especial.
      uma saída é converter seu tempo de vigilante em comum, e somar com os 5 anos. mas não se esqueça que precisa de documentação para isso.

      • Olá! Por favor gostaria de saber se para 4 meses de periculosidade constando na
        Carteira de Trabalho, existe essa conversão para mulher (aumenta em quanto tempo) com finalidade de completar tempo para aposentadoria. Muito Obrigada!

  10. Ola...

    Por gentileza, Tenho 24 anos e 9 meses trabalhado, e tenho 8 PPPs das empresas que trabalhei, a maiorias deles esta entre 87db e 92db.

    Consigo já me aposentar?

  11. Boa noite, meu pai Tem 58 anos, é eletricista há 20 anos de carteira assinada com o ppp em mãos e tem mais 14 anos de outras empresas. 20 anos +40% , ele tem direito mais 8 anos que da um total de 28 anos só de periculosidade + 14 anos de outras empresas =42 anos e o inss negou aposentadoria dele. 58+42=100 pontos, porque foi negado?

  12. Ola ,
    Tenho 43 anos, 22 anos de carteira assinada , 17 anos com 40% insalubre , consigo converter os anos insalubre para dar entrada na aposentadoria ou tenho que esperar mais um tempo.

  13. Boa tarde tenho 60 anos e 32 anos de contribuição. e trabalhei na Petrobrás embarcado em navio no período de 1984 a 1999. E plataforma de petroleiro no período de 24/11/2011 ate hoje , posso contar com o PPP para completar o meu tempo para aposentar com os 35 anos de contribuição.
    a sim eu recebo um auxilio acidente deis de 1994 ate hoje este auxilio acidente eu vou continuar a receber após a minha aposentaria.
    minha profissão sou marítimo.
    moysesdamatta@ig.com.br

  14. Ola
    Tenho 16 anos de carteira assinada de vigilante, e 2 anos de carteira assinada de soldador.
    Insalubridade, periculosidade pode ser somado pra estar aposentado na especial?
    E quanto tempo faltaria pra mim aposentar com os reajustes? Obrigado

    • Bom dia!!!

      Sim, podem somar insalubridade e periculosidade para dar o tempo especial. Precisa ter 25 anos de atividade especial, no minimo. Mas agora tem regra de idade, bem como, regra de pontuação.

  15. Tenho 26 anos e 8 meses de serviço insalubre , sou funcionário público de regime próprio , gostaria de saber se eu me aposentar , corro o risco de suspensão do benefício por continuar a trabalhar em meu consultório , o STF decidiu esta questão o para o INSS , mas pode vir a ter este entendimento ao servidor público em regime próprio , ou por ter tempo de aposentadoria especial desde Março de 2019 este entendimento não se aplica ao meu caso .obrigada

  16. Tenho 46 anos e 24 anos e 2 meses de trabalho insalubre, no ambiente hospitalar. como faço os calculos para minha aposentadoria?

  17. Bom dia, trabalho como funcionário publico desde de 05/1991, e possuo tempo especial pois trabalhei de forma insalubre como agente de serviço de portaria no Posto de saude de minha cidade.
    Quanto tempo da para converter ?

  18. Boa tarde tenho 13 anos sem insalubridade e 12 com salubridade no caso tenho que trabalhar mas quantos anos para aposentadoria especial

    • Bom dia Sr. José Aparecido. Esses 12 anos com insalubridade deve ser aumentado em 40% até 13/11/2019, o que vai aumentar em mais 4 anos e oito meses. Somando aos 13 anos, o senhor terá mais ou menos 29 anos. O que é insuficiente para se aposentar. Para saber sobre o quanto ainda precisa trabalhar, entra em contato com nosso escritório para um planejamento.

      • Eu trabalhei 12 anos em metalúrgica, exposto a ruído,produto químicos, tenho PPP, e mais 12 anos com atendimento telefônico, tenho 44 anos, quanto tempo ainda para me aposentar?

        • Boa tarde Matheus! Ficamos felizes com seu comentário!

          Esses 12 anos que trabalhou em metalúrgica, se os agentes que mencionou ai estiverem acima dos niveis permitidos pela lei, você deve aumentar em mais 40%, ou seja, além dos 12 anos + 4,8 anos + 12 aos como atendimento.

          Mas para responder certinho devemos analisar sua documentação. Entre em contato com a gente.

  19. Hoje sou servidor público federal, mas trabalhei como marítimo por 7 anos. Tenho direito ao acréscimo legal de 40 sobre esse tempo? Hoje já tenho 21 anos como estatutário e esses 7 como marítimo.

    • Boa tarde Marinaldo!

      Tem sim, mas vai precisar de um procedimento dentro do INSS para reconhecer esse período como especial e emitir a CTC para levar tudo isso para o serviço público.

Deixar uma resposta