Compartilhar nas Redes Sociais

Provavelmente já ouviu falar sobre A REVISÃO DA VIDA TODA, e que ela pode aumentar o valor da sua aposentadoria. Mas o que realmente é essa revisão?  Bom, no texto de hoje você conhecerá sobre essa revisão e como ela pode mudar seu benefício do INSS.

(texto após a imagem)

revisão da vida toda

1) O QUE É A REVISÃO DA VIDA TODA?

Primeiramente, a revisão da vida toda somente pode ser aplicada aos benefícios do INSS que foram concedidos a partir de 29/11/1999. Os benefícios anteriores possuíam outra forma de cálculo e a revisão da vida toda não os beneficia.

A partir da data acima, o INSS começou a utilizar todas as contribuições de julho/1994 em diante para fazer a média de valores dos benefícios. Ocorre que, em muitos casos, o segurado possuía boas contribuições no período anterior a julho/1994. Nestes casos, a média apurada pelo INSS era reduzida, tendo em vista que boas contribuições ficaram fora do cálculo.

Portanto, resumidamente, a revisão da vida toda faz com que o INSS tenha que incluir todas as contribuições feitas pelo segurado, pouco importando a data. Feito o recálculo, o valor do benefício pode ser maior ou menor do que aquele já apurado pelo INSS. Logo, é importante que a revisão seja feita por advogado especializado e que, antes de mais nada, apurará se no seu caso esta revisão é ou não vantajosa.

Em decorrência da intenção de muitos beneficiários do INSS em considerar todas as contribuições feitas por toda a vida (e não apenas a partir de julho/1994), este assunto chegou aos tribunais brasileiros.

Finalmente, a revisão da vida toda foi julgada pelo STJ (Superior Tribunal de Justiça) em Brasília no ano de 2019. Se você sentir interesse em pesquisar a decisão, poderá digitar no GOOGLE “TEMA 999 DO STJ” e a encontrará. Assim sendo, essa espécie de revisão, que ainda será discutida no STF, em decorrência de recursos do INSS, tem como fundamento INCLUIR NA SUA BASE DE CÁLCULO DA APOSENTADORIA TODOS OS SALÁRIOS DE CONTRIBUIÇÃO FEITOS AO INSS.

(continua após o vídeo)

Se pegar agora sua CARTA DE CONCESSÃO da aposentadoria, verá que os salários de contribuição começaram a ser computados em 07/1994 e foram até um mês antes da data que deu entrada no benefício.

2) TODAS AS APOSENTADORIAS PODEM SER REVISADAS? E REALMENTE COMPENSA?

Inegavelmente deve-se tomar cuidado com essa máxima, visto em alguns casos a revisão da vida toda não ser vantajosa, conforme já dito acima. Ou seja, aposentados que CONTRIBUIRAM COM VALORES BAIXOS ANTES DE 07/1994 não teriam vantagem econômica com essa revisão.

(texto após a imagem)

revisão da vida toda

Antes de mais nada, é preciso fazer uma análise detalhada do seu caso, e ver se realmente é possível aumentar o valor da sua aposentadoria com a revisão da vida toda.

3) É POSSÍVEL PEDIR A REVISÃO DA VIDA TODA A QUALQUER TEMPO?

Não! A Lei estipula o prazo de 10 anos para que sejam feitos pedidos de revisão de benefícios do INSS.

Importante ressaltar que este prazo começa a contar do primeiro dia do mês seguinte ao pagamento do primeiro benefício.

Esta regra é importante pois há casos de benefícios que levam anos para serem concedidos. Assim, a data para contar o prazo de 10 anos não é a do requerimento na agência do INSS, mas sim do primeiro recebimento.

4) TODOS OS BENEFÍCIOS PODEM TER DIREITO À REVISÃO DA VIDA TODA?

Nem todos. Entretanto, a maioria dos benefícios do INSS podem ter direito a revisão da vida toda. Quais são eles:

  • Todas as espécies de Aposentadorias
  • Pensões por Morte
  • Auxílio Doença
  • Auxílio Acidente

Mesmo para os casos em que o benefício não está mais sendo pago, isto é, nos casos de falecimento do beneficiário ou então nos casos em que o benefício já cessou (por exemplo auxílio doença em que o segurado já teve a alta médica), é possível pedir a revisão da vida toda.

Deste modo se você recebeu um destes benefícios acima nos últimos 10 anos, convém investigar se a revisão da vida toda lhe favorece.

5) QUAIS OS DOCUMENTOS QUE EU PRECISO TER PARA ANALISAR MINHA REVISÃO?

De conformidade com o que foi escrito acima, alguns documentos são essenciais para essa análise. Eles podem ser obtidos no sistema do MEU INSS e um advogado especialista pode lhe auxiliar a obtê-los.

  • CNIS COMPLETO
  • CARTA DE CONCESSÃO
  • PROCESSO ADMINISTRATIVO DA APOSENTADORIA
  • MICROFICHAS REQUERIDAS DIRETAMENTE NO INSS

(texto continua após a imagem)

revisão da vida toda

Com esses documentos, pode-se analisar detalhadamente se é vantagem fazer a revisão da vida toda no seu caso.

EM CONCLUSÃO…

Sem dúvida, o momento é oportuno para analisar se você tem direito a revisão da vida toda e procurar um especialista na área previdenciária. Lembrando que se sua aposentadoria foi concedida a mais de 10 anos, não terá direito a essa revisão. Desde já, informamos que o Tema 999 do STJ foi julgado por ele, e que cabe recurso do INSS ao STF.

É importante destacar que existem vários tipos de revisão. Se o seu benefício não se enquadrar na revisão da vida toda, pode ser que tenha direito a outra espécie de revisão.

Uma outra revisão que é muito vantajosa e diversos casos é a que garante a transformação de aposentadoria comum em especial. Se você quiser saber mais sobre essa revisão, acesse nossa postagem TRANSFORMAR A APOSENTADORIA COMUM EM ESPECIAL: COMO FAZER?, além de outras postagens sobre revisões que já fizemos.

Até breve pessoal.

Para mais informações, acessem nossos canais de comunicação ou então clique na imagem abaixo!

advogado previdenciário
Consulte-nos!
REVISÃO DA VIDA TODA: OS 5 FATORES QUE VOCÊ PRECISA SABER

2 ideias sobre “REVISÃO DA VIDA TODA: OS 5 FATORES QUE VOCÊ PRECISA SABER

  • Avatar
    9 de fevereiro de 2020 em 15:42
    Permalink

    Agente de combate a endemias tem direito a aposentadoria especial?

    Resposta
    • Denis Coltro
      12 de fevereiro de 2020 em 15:41
      Permalink

      Olá Aderilson, tudo bem? Prazer receber sua dúvida.

      Bom, pode ser que tenha sim. Isso somente será esclarecido quando solicitar o Perfil Profissiográfico Previdenciário diretamente na empresa ou na prefeitura. Lá irá demonstrar todos os agentes nocivos a sua saúde ou integridade física.

      Um abraço.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *