Compartilhar nas Redes Sociais

Saber calcular o tempo especial para a aposentadoria é importante para saber a melhor hora de se aposentar.

 

É preciso calcular o tempo especial (período com trabalho insalubre ou perigoso) para fins de aposentadoria. Desse modo, pode-se conseguir se aposentar no melhor momento. Aposentar muito precocemente, pode não garantir a melhor aposentaria. Demorar muito para aposentar, pode fazer com que, por meses ou até anos, deixe-se de receber uma renda mensal.

 

(o texto continua após a imagem)

Calcular o tempo especial
Calcular o tempo especial

 

Antes de tudo, merece ser esclarecido que a contagem especial do tempo garante uma aposentadoria antecipada.

 

Primeiramente, o trabalhador que atingiu o tempo especial de 25 anos possui o direito de se aposentar especial. Para saber mais, acesse o nosso texto Aposentar Antes dos 50 Anos de Idade é Viável?

 

No entanto, é muito frequente o caso do trabalhador que não permaneceu por 25 anos em atividade especial. Todavia, neste caso, o tempo trabalhado com exposição a agentes insalubres ou perigosos não foi perdido.

 

Apesar de não ter atingido os 25 anos de trabalho especial, é possível fazer a conversão do tempo e calcular o tempo especial na aposentadoria.

 

Para cada ano trabalhado em condições especiais, o INSS acrescenta um período adicional. No caso dos homens, este período é de 40% a mais. De outro lado, no caso das mulheres, este adicional é de 20%.

 

Caso um homem não tenha trabalhado exposto a condições especiais por 25 anos, o INSS faz uma conversão de tempo. Em relação ao período trabalhado com exposição a tensão superior a 250 Volts, há o cômputo de mais 40% do tempo.

 

Exemplificando…

 

Exemplo: um trabalhador que ficou exposto a tensão superior a 250 Volts por 15 anos (com a conversão de mais 40%) será computado o período de mais 6 anos, ou seja, 21 anos. Tendo trabalhado mais 14 anos em atividades sem exposição a riscos, poderá se aposentar (21 anos + 14 anos = 35 anos), mesmo tendo trabalhado, por 29 anos (15 anos + 14 anos).

 

Deste modo, neste exemplo, o trabalhador conseguiu se aposentar 6 anos antes.

 

Do mesmo modo ocorre com as mulheres, salvo quanto ao adicional de conversão, que ao invés de 40% é de 20%. Entretanto, para a mulher basta atingir 30 anos de contribuição, enquanto para o homem é necessário completar 35 anos.

 

Para a devida contagem, é importante a Carteira de Trabalho e o PPP (Perfil Profissiográfico Previdenciário). Também é importante providenciar o CNIS através do site www.meuinss.gov.br.

 

Para saber mais sobre a Aposentadoria Especial e o tempo trabalhado com periculosidade e insalubridade, clique na imagem abaixo:

 

 

 

COMO CALCULAR O TEMPO ESPECIAL PARA A APOSENTADORIA?

67 ideias sobre “COMO CALCULAR O TEMPO ESPECIAL PARA A APOSENTADORIA?

  • Avatar
    12 de março de 2019 em 22:37
    Permalink

    Olá! Gostaria de tirar uma dúvida: Sou concursado há 18 anos como técnico em enfermagem, porem trabalhei outros 3 anos em um hospital filantrópico, também como técnico em enfermagem. Minha pergunta é: Hoje com 21 anos de contribuição em regime especial, consigo me aposentar? Meu órgão de aposentadoria do município disse que somente com 35 anos de contribuição, mesmo eu mostrando pra ele essa matemática de conversão de 1.5 para homens. Poderia me ajudar me esclarecendo essa dúvida?
    Desde já, agradeço a atenção!!

    Resposta
    • Denis Coltro
      20 de fevereiro de 2020 em 14:29
      Permalink

      Olá!

      Não consegue, pois a aposentadoria especial será de 25 anos. E a aposentadoria comum para o homem 35 anos, e para a mulher 30 anos.

      Resposta
  • Avatar
    28 de abril de 2019 em 16:35
    Permalink

    Gostaria de fazer o cálculo para aposentadoria especial.

    Resposta
      • Avatar
        2 de agosto de 2019 em 16:18
        Permalink

        Boa tarde tenho 47 anos de idade tenho 19 anos e 3 mês de contribuição desse 19 anos tenho 10 de firma de insalubridade ppde me dizer quanto tempo falta

        Resposta
        • Denis Coltro
          4 de março de 2020 em 13:41
          Permalink

          Olá André!!

          A aposentadoria especial é dada quando completa os 25 anos de atividade.

          Mas agora tem que cumprir as regras de transição da Reforma da Previdência:

          Art. 21. O segurado ou o servidor público federal que se tenha filiado ao Regime Geral de Previdência Social ou ingressado no serviço público em cargo efetivo até a data de entrada em vigor desta Emenda Constitucional cujas atividades tenham sido exercidas com efetiva exposição a agentes químicos, físicos e biológicos prejudiciais à saúde, ou associação desses agentes, vedada a caracterização por categoria profissional ou ocupação, desde que cumpridos, no caso do servidor, o tempo mínimo de 20 (vinte) anos de efetivo exercício no serviço público e de 5 (cinco) anos no cargo efetivo em que for concedida a aposentadoria, na forma dos arts. 57 e 58 da Lei nº 8.213, de 24 de julho de 1991, poderão aposentar-se quando o total da soma resultante da sua idade e do tempo de contribuição e o tempo de efetiva exposição forem, respectivamente, de:

          I – 66 (sessenta e seis) pontos e 15 (quinze) anos de efetiva exposição;

          II – 76 (setenta e seis) pontos e 20 (vinte) anos de efetiva exposição; e

          III – 86 (oitenta e seis) pontos e 25 (vinte e cinco) anos de efetiva exposição.

          § 1º A idade e o tempo de contribuição serão apurados em dias para o cálculo do somatório de pontos a que se refere o caput. § 2º O valor da aposentadoria de que trata este artigo será apurado na forma da lei.

          Resposta
        • Avatar
          26 de abril de 2020 em 22:00
          Permalink

          Boa noite, tenho 46 anos de idade e 20 anos de carteira sempre trabalhei nas áreas de risco consigo dar entrada na aposentadoria se conseguir pegar os ppp…

          Resposta
          • Denis Coltro
            28 de abril de 2020 em 09:11
            Permalink

            Bom dia Nilson!

            Não pode ainda, pois precisa cumprir as regras de transição agora, que é 86 pontos.

      • Avatar
        28 de setembro de 2019 em 18:26
        Permalink

        Tenho 20 anos de contribuiçã.sendo 12 deles trabalhando à noite; dos 12 vinte e cinco por cento com trabalho exposto a ruído de máquina textil .tenho direito à insalubridade ?quantos anos ganharia na contagen de tempo?
        `

        Resposta
          • Avatar
            26 de julho de 2020 em 12:02
            Permalink

            Bom dia !
            Trabalhei 21 anos em área insalubre ,tenho 41 anos com ppp ,quanto tempo ainda tenho para se aposentar

          • Denis Coltro
            27 de julho de 2020 em 08:46
            Permalink

            Bom dia!

            Faltam alguns anos, pois além de chegar nos seus 25 anos de tempo especial no minimo, terá que somar uma pontuação de 86 pontos. Que corresponde a sua idade + 25 anos de especial + eventual tempo comum.

      • Avatar
        3 de outubro de 2019 em 07:14
        Permalink

        jose.souza28@globomail.com no meus cálculos devo ter +- 32 anos de contribuição trabalhei 2 anos em uma fábrica química e 4 anos em ultra tenho os ppps das duas não sei como calcular grato José ( whatsap 11995411082

        Resposta
        • Denis Coltro
          4 de março de 2020 em 13:53
          Permalink

          Ola!

          Se ficar comprovado os 25 anos com essa sua atividade, isso por meio do PPP, terá direito a aposentadoria especial.

          Resposta
      • Avatar
        30 de junho de 2020 em 19:38
        Permalink

        Tenho 50 anos de idade, 1 ano e 8 meses de Empresa e mais 30 anos de serviço público concursado como atendente de enfermagem e durante o período de 27 anos trabalhei em regime de escala dando plantões diurno e noturno na função de técnico de enfermagem em internação e emergência de hospital público em escala de 12 horas,chegando a um total de 140 horas mensais sendo concursado pela Funasa recebendo insalubridades. Tenho direito a aposentadoria especial ou aposentadoria comum.

        Resposta
        • Denis Coltro
          1 de julho de 2020 em 13:47
          Permalink

          Olá!

          Se tiver provas dessa atividade especial, por meio do PPP, pode ser que tenha. Mas precisa analisar o caso e sua documentação.

          Resposta
    • Avatar
      15 de junho de 2019 em 16:14
      Permalink

      Gostaria de fazer cálculo para aposentadoria especial .

      Resposta
      • Denis Coltro
        4 de março de 2020 em 13:27
        Permalink

        Olá Divina!

        Sugiro que faça a senha do MEU INSS, e verifique seu CNIS. E nas empresas que trabalhou com agentes prejudiciais a saúde ou integridade física, consiga os PPP.

        E ai sim dará para fazer um cálculo mais detalhado.

        Resposta
    • Avatar
      26 de junho de 2019 em 08:53
      Permalink

      GOSTARIA DE SABER COMO FAZ O CALCULO DO PPP TENHO 20 ANOS TRABALHADO

      Resposta
      • Denis Coltro
        4 de março de 2020 em 13:26
        Permalink

        Olá Lucia!

        Você pegará os seus 20 anos, multiplicará por 0,20% e ao final acrescentará o tempo a mais que deu. Assim: 20+4: 24 anos de tempo comum.

        Resposta
      • Avatar
        7 de junho de 2020 em 00:35
        Permalink

        Por favor
        Trabalhei com periculosidade entre 01/02/1991 à 31/05/1995 , 4 anos(48 meses) e 04 meses .
        – Como calcular o período para acrescentar no tempo de serviço?
        – É verdade que o INSS deixou de considerar a periculosidade a partir de 1997 ?
        Neste caso, o meu período foi de 01/02/1991 a 31/05/1995. Então, eles devem consideram este meu período adicional de periculosidade ?
        – No meu PPP não está mencionado a periculosidade, mas tenho todos os holerites deste período e que provam que eu tinha adicional de periculosidade

        Resposta
        • Denis Coltro
          8 de junho de 2020 em 09:04
          Permalink

          Bom dia!

          Deve converter o tempo especial em comum pelo fator 1,4. Ou seja, 40% para o homem. Para a mulher, é 1,2 que corresponde a 20%.

          Sim, desde 1997. Contudo isso tem sido diferente na justiça.

          O PPP é o documento mais importante, se não consta lá os fatores de risco, tem que possuir a descrição da sua atividade corretamente. Assim, peça a regularização desse documentos.

          Seu holerites serão importantes.

          Resposta
    • Avatar
      6 de agosto de 2019 em 21:38
      Permalink

      Tenho 28 anos de contribuição previdenciária sendo que 16anos em trabalho em serviços aeroportuário, tenho direito a aposentadoria especial?
      Obrigado.

      Resposta
      • Denis Coltro
        4 de março de 2020 em 13:44
        Permalink

        Olá Douglas, tudo bem?

        Terá que comprovar no mínimo 25 anos de atividade especial, isso por meio do PPP.

        E agora tem as regras de transição:

        Art. 21. O segurado ou o servidor público federal que se tenha filiado ao Regime Geral de Previdência Social ou ingressado no serviço público em cargo efetivo até a data de entrada em vigor desta Emenda Constitucional cujas atividades tenham sido exercidas com efetiva exposição a agentes químicos, físicos e biológicos prejudiciais à saúde, ou associação desses agentes, vedada a caracterização por categoria profissional ou ocupação, desde que cumpridos, no caso do servidor, o tempo mínimo de 20 (vinte) anos de efetivo exercício no serviço público e de 5 (cinco) anos no cargo efetivo em que for concedida a aposentadoria, na forma dos arts. 57 e 58 da Lei nº 8.213, de 24 de julho de 1991, poderão aposentar-se quando o total da soma resultante da sua idade e do tempo de contribuição e o tempo de efetiva exposição forem, respectivamente, de:

        I – 66 (sessenta e seis) pontos e 15 (quinze) anos de efetiva exposição;

        II – 76 (setenta e seis) pontos e 20 (vinte) anos de efetiva exposição; e

        III – 86 (oitenta e seis) pontos e 25 (vinte e cinco) anos de efetiva exposição.

        § 1º A idade e o tempo de contribuição serão apurados em dias para o cálculo do somatório de pontos a que se refere o caput. § 2º O valor da aposentadoria de que trata este artigo será apurado na forma da lei.

        Resposta
  • Avatar
    25 de junho de 2019 em 12:16
    Permalink

    Gostaria de calcular e si tenho direito a insalubridade trabalhei em banco e Acougue tenho 25anos de contribuição e 56 anos sou diabético ainda trsbslho registrado em Acougue muitos anos de Acougueiro.. tenho direito a insalubridade

    Resposta
    • Avatar
      14 de maio de 2020 em 20:32
      Permalink

      Olá, eu sou eletricista e recebo periculosidade no holerite, e na minha carteira digital está uma informação de IEAN, estou a 13 anos na profissão, no meu caso com mais 12 anos eu aposentaria?

      Resposta
      • Denis Coltro
        29 de maio de 2020 em 13:15
        Permalink

        olá…

        não pelas regras atuais, pois precisa de uma idade minima.

        mas para a regra de transição precisa dos 86 pontos, com um tempo de contribuição especial de 25 anos.

        não se esqueça que a eletricidade está sendo discutida se volta a ser especial.

        Resposta
  • Avatar
    24 de julho de 2019 em 12:54
    Permalink

    Boa tarde,trabalho há 20 anos na área de saúde,sou assistente de saúde bucal,fiquei sabendo que posso me aposentar mas cedo,desejo saber com quantos tempo de serviço?Aguardo a resposta,obrigado.

    Resposta
    • Denis Coltro
      4 de março de 2020 em 13:29
      Permalink

      Olá!!!

      Sim, se aposentam com 25 anos de trabalho.

      Mas agora tem que cumprir as regras de transição da reforma:
      Art. 21. O segurado ou o servidor público federal que se tenha filiado ao Regime Geral de Previdência Social ou ingressado no serviço público em cargo efetivo até a data de entrada em vigor desta Emenda Constitucional cujas atividades tenham sido exercidas com efetiva exposição a agentes químicos, físicos e biológicos prejudiciais à saúde, ou associação desses agentes, vedada a caracterização por categoria profissional ou ocupação, desde que cumpridos, no caso do servidor, o tempo mínimo de 20 (vinte) anos de efetivo exercício no serviço público e de 5 (cinco) anos no cargo efetivo em que for concedida a aposentadoria, na forma dos arts. 57 e 58 da Lei nº 8.213, de 24 de julho de 1991, poderão aposentar-se quando o total da soma resultante da sua idade e do tempo de contribuição e o tempo de efetiva exposição forem, respectivamente, de:

      I – 66 (sessenta e seis) pontos e 15 (quinze) anos de efetiva exposição;

      II – 76 (setenta e seis) pontos e 20 (vinte) anos de efetiva exposição; e

      III – 86 (oitenta e seis) pontos e 25 (vinte e cinco) anos de efetiva exposição.

      § 1º A idade e o tempo de contribuição serão apurados em dias para o cálculo do somatório de pontos a que se refere o caput. § 2º O valor da aposentadoria de que trata este artigo será apurado na forma da lei.

      Resposta
  • Avatar
    1 de agosto de 2019 em 09:14
    Permalink

    Bom dia. Por favor me tire uma dúvida, se alguém possuí, 23 anos e 3 meses de carteira assinada e tem PPPs de 11, 9 Anos e de 6, 6 Anos, tem condições de requerer aposentaria especial na área de saúde, mais especificamente em laboratório?
    Adailton Lima

    Resposta
    • Denis Coltro
      4 de março de 2020 em 13:30
      Permalink

      Olá!

      Terá que ter no mínimo 25 anos de atividade especial, mesmo que seja em laboratório.

      Resposta
  • Avatar
    3 de agosto de 2019 em 17:55
    Permalink

    Trabalhei 4 anos, 4 meses e 29 dias tempo insalubre como ser a calculado? Para somar

    Resposta
  • Avatar
    8 de agosto de 2019 em 10:12
    Permalink

    Meu nome e José Carlos minha profissão e operador de caldeira tenho 25anos de profissão como calcular meus ppp eu posso da entrada da Aposentadoria por tempo serviço!

    Resposta
    • Avatar
      8 de agosto de 2019 em 10:16
      Permalink

      Ola! Minha profissão e operador de caldeira tenho 25anos de profissão como eu faço calcular meus ppp eu ja posso da entrada da Aposentadoria por tempo serviço

      Resposta
      • Denis Coltro
        4 de março de 2020 em 14:03
        Permalink

        Olá José!

        Diante do seu caso, é interessante verificar se os PPP estão bons.

        Se tem os 25 anos com atividade especial, em tese teria direito a esse benefício. Se não completou tem que converter os tempos especiais pelo fator 1,4.

        Resposta
  • Avatar
    12 de agosto de 2019 em 08:29
    Permalink

    Sou servidor publico federal do ministerio da saude, funçao guarda de endemias, tenho 55 anos e 4 meses
    32 anos de serviço insalubre, ja tenho direito de aposentar pela especial.

    Resposta
    • Denis Coltro
      4 de março de 2020 em 14:00
      Permalink

      Olá!

      Em tese teria sim.

      Mas o Regime próprio é diferente do INSS.

      Faça uma contagem no setor específico e peça seu benefício.

      Resposta
  • Avatar
    5 de novembro de 2019 em 12:47
    Permalink

    Ola bom dia me chamo Vanderlei ja peguei o tempo das empresa precisava de uma acessória para buscar nas empresas que trabalhei, o PPP pra ajuntar com os anos do clt
    Meu contato (19) 992030097 Vanderlei

    Resposta
  • Avatar
    25 de novembro de 2019 em 13:47
    Permalink

    Como consegui PPP, para aposentadoria e a empresas trabalhei abriu falência onde consegui esse documento.

    Resposta
  • Avatar
    28 de fevereiro de 2020 em 09:57
    Permalink

    Bom dia, gostaria de tirá uma dúvida. Trabalhei oito anos como vigilante, sendo três anos em uma empresa e cinco em outra, só que ambas fecharam, e eu não tinha o pop. O sindicato pode emitir esse documento?

    Resposta
    • Denis Coltro
      4 de março de 2020 em 13:55
      Permalink

      Olá Carlos!

      O PPP emitido pelo sindicato não tem força de prova.

      Precisa ver com seus ex-colegas de trabalho se eles possuem algum documento. Mas temos conteúdo no nosso site sobre quando a empresa fechou e não deu os PPP.

      Resposta
    • Avatar
      28 de julho de 2020 em 07:29
      Permalink

      Bom dia.
      Tenho 49 anos trabalhei como mecânico de automoveis em uma empresa ha 27 anos com isalubridade .
      Eu tenho direito aposentadoria especial?
      Gostaria de saber quanto tempo falta .

      Resposta
      • Denis Coltro
        29 de julho de 2020 em 10:19
        Permalink

        Bom dia Dionisio!

        Pode ter sim, desde que comprove essa insalubridade por meio do PPP. Então, se não tiver esse documento, já corre para pedir para a empresa.

        Resposta
  • Avatar
    18 de março de 2020 em 18:16
    Permalink

    Olá. Meu pai tem 22 anos e 8 meses de contribuição sendo que 10 anos foi em atividade especial comprovada em ppp, 49 anos de idade, ele consegue requer aposentadoria especial, em caso de negativa esses 10 anos de ppp acrescenta mais algum tempo na contribuição?

    Resposta
  • Avatar
    21 de março de 2020 em 16:28
    Permalink

    Aqui é a Natalia Ribeiro, eu gostei muito do seu artigo seu conteúdo vem me ajudando bastante, muito obrigada.

    Resposta
  • Avatar
    1 de maio de 2020 em 09:16
    Permalink

    Olá aqui é a Bárbara Oakley, eu gostei muito do seu artigo seu conteúdo vem me ajudando bastante, muito obrigada.

    Resposta
  • Avatar
    12 de maio de 2020 em 13:03
    Permalink

    Olá!!! Trabalho 22 anos de vigilante e tenho 5 anos de car teira assinada sem ser vigilante sera que da pra da entrada na aposentadoria tenho 51 anos de idades

    Resposta
    • Denis Coltro
      29 de maio de 2020 em 13:14
      Permalink

      olá jorge!

      Se esses 5 anos for comum, não entra na especial, mas sim, apenas na aposentadoria comum. Para ser especial, tem que trabalhar pelo menos 25 anos de atividade especial.
      uma saída é converter seu tempo de vigilante em comum, e somar com os 5 anos. mas não se esqueça que precisa de documentação para isso.

      Resposta
      • Avatar
        26 de julho de 2020 em 02:06
        Permalink

        Olá! Por favor gostaria de saber se para 4 meses de periculosidade constando na
        Carteira de Trabalho, existe essa conversão para mulher (aumenta em quanto tempo) com finalidade de completar tempo para aposentadoria. Muito Obrigada!

        Resposta
  • Avatar
    3 de junho de 2020 em 09:23
    Permalink

    Ola…

    Por gentileza, Tenho 24 anos e 9 meses trabalhado, e tenho 8 PPPs das empresas que trabalhei, a maiorias deles esta entre 87db e 92db.

    Consigo já me aposentar?

    Resposta
      • Avatar
        8 de junho de 2020 em 01:20
        Permalink

        Boa noite
        Dr.trabalho em area com barulho acima 90Db tenho ppp
        Em novembro quando mudou as regras
        Eu tinha 24 anos 7 mese de carteira
        Hoje estou com 25 anos 2meses
        Consigo dar entrada e aposentar
        Gratoo
        Reuldo xavier

        Resposta
  • Avatar
    2 de julho de 2020 em 22:03
    Permalink

    Boa noite, meu pai Tem 58 anos, é eletricista há 20 anos de carteira assinada com o ppp em mãos e tem mais 14 anos de outras empresas. 20 anos +40% , ele tem direito mais 8 anos que da um total de 28 anos só de periculosidade + 14 anos de outras empresas =42 anos e o inss negou aposentadoria dele. 58+42=100 pontos, porque foi negado?

    Resposta
  • Avatar
    24 de julho de 2020 em 11:44
    Permalink

    Ola ,
    Tenho 43 anos, 22 anos de carteira assinada , 17 anos com 40% insalubre , consigo converter os anos insalubre para dar entrada na aposentadoria ou tenho que esperar mais um tempo.

    Resposta
  • Avatar
    30 de julho de 2020 em 16:52
    Permalink

    Boa tarde tenho 60 anos e 32 anos de contribuição. e trabalhei na Petrobrás embarcado em navio no período de 1984 a 1999. E plataforma de petroleiro no período de 24/11/2011 ate hoje , posso contar com o PPP para completar o meu tempo para aposentar com os 35 anos de contribuição.
    a sim eu recebo um auxilio acidente deis de 1994 ate hoje este auxilio acidente eu vou continuar a receber após a minha aposentaria.
    minha profissão sou marítimo.
    moysesdamatta@ig.com.br

    Resposta
    • Denis Coltro
      31 de julho de 2020 em 07:49
      Permalink

      Olá!!!

      Pode computar sim. Mas para isso será importante verificar se ele está devidamente preenchido.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *