ACIDENTE DE TRABALHO
Compartilhar nas Redes Sociais

Quais são os meus direitos no acidente de trabalho?

O acidente do trabalho e os direitos do empregado perante o empregador possuem relação importante. O trabalhador que sofre acidente do trabalho (ou adquiri doença do trabalho) possui vários direitos.

 

Todavia, muitos desses direitos são desconhecidos por grande parte dos trabalhadores.

 

A seguir estão relacionados os principais direitos (é importante lembrar que na análise de cada caso, podem ser detectados outros direitos).

1) GASTOS COM MEDICAMENTOS, PRÓTESES E TRATAMENTOS MÉDICOS

 

Frequentemente, o empregado que sofreu acidente do trabalho necessita consumir medicamentos, utilizar próteses e fazer tratamentos médicos. Portanto, todas as despesas médicas podem ser cobradas do empregador. Quais são os meus direitos no acidente de trabalho?

 

Dessa forma, é importante que todos os documentos das despesas sejam guardados (como por exemplo, receitas médicas e notas fiscais).

 

(texto continua após a imagem)

 

2) FUNDO DE GARANTIA (FGTS) DURANTE O AFASTAMENTO PELO INSS
(Quais são os meus direitos no acidente de trabalho? )

O acidente do trabalho e os direitos do empregado também possuem repercussão no FGTS. Após 15 dias de afastamento do trabalho, o trabalhador passa a receber benefício previdenciário do INSS. Durante o período de afastamento, o empregador para de pagar os salários, mas deve continuar a depositar o FGTS.

 

Para saber se o FGTS está sendo depositado, o trabalhador deve se dirigir à Caixa Econômica Federal com a sua Carteira de Trabalho e solicitar o “Extrato Analítico do FGTS”.

 

3) ESTABILIDADE

 

O empregado que tiver afastamento por mais de 15 dias (em decorrência do acidente do trabalho) passa a ter o direito à estabilidade de 12 meses no emprego logo após a sua alta médica pelo INSS. Assim, ao receber alta médica do INSS para voltar ao emprego, o empregado não pode ser demitido nos 12 primeiros meses. Entretanto, esta regra não vale para a demissão por justa causa.

 

4) INDENIZAÇÃO POR DANOS MORAIS

 

A dor, a incapacidade e a necessidade de submeter-se à cirurgia, são exemplos de situações que geram danos morais. Portanto, todo o empregado que sofreu acidente do trabalho pode pleitear que a empresa lhe pague uma indenização por danos morais.

 

5) INDENIZAÇÃO POR DANOS ESTÉTICOS

 

Não só nos casos de danos morais e materiais há direito à indenização, como também nas situações em que o acidente do trabalho causou danos à estética do empregado. Por exemplo, uma cicatriz e a perda de um membro provocam danos estéticos. Portanto, pode também o trabalhador pleitear uma indenização por danos estéticos.

 

Logo, é  importante saber sobre o acidente do trabalho e os direitos do empregado, pois isto garantirá ao trabalhador que melhor condições de superar as sequelas e todos os danos causados pelo acidente.

 

Para saber mais sobre aposentadoria por invalidez, auxílio doença e auxílio acidente do INSS clique na imagem abaixo:

 

Você também tem dúvidas trabalhistas?

 

Se acaso você tem alguma dúvida específica da sua situação trabalhista perante a empresa, clique AQUI ou na imagem abaixo para o seu caso ser analisado por um advogado trabalhista especialista.

 

 

O ACIDENTE DO TRABALHO E OS DIREITOS DO EMPREGADO

41 ideias sobre “O ACIDENTE DO TRABALHO E OS DIREITOS DO EMPREGADO

  • 28 de abril de 2019 em 08:22
    Permalink

    Estou com apicodilite nos cotovelos e tenão 10 meses no trabalho e 5 meses que estou em tratamento, trabalho com computador de segunda a sexta 9:00 horas por dia, tinha plano de saúde a empresa cortou e preciso continuar o tratamento, fui mandada embora a 30 dias e agora foi cancelado o aviso o que tenho direito, sempre trabalhei com computador.

    Resposta
    • 1 de setembro de 2019 em 12:43
      Permalink

      Eu trabalho em uma empresa aí eu sofri um acidente cortei um dedo só profudo no trabalho ela é uma firma de química aí eu tô na experiência só tenho um mês quando eu voltei eles me mandarão embora eu possa colocar firma no pau

      Resposta
        • 22 de abril de 2020 em 19:16
          Permalink

          ola sou aposentado.trabalho sem registro.e sofri um acidente foi imputado dois dedo do pé esquerdo.e pois parcial .não foi aberto o cat.quando voltei a o trabalho fu mandado embora.eu tenho augum dereito.

          Resposta
    • 13 de janeiro de 2020 em 16:10
      Permalink

      Trabalhei por 6 meses ema empresa sem registro,sofri um acidente na empresa depois de alguns dias fui mandado embora, como devo agir nesse caso

      Resposta
      • 19 de fevereiro de 2020 em 14:07
        Permalink

        Olá!!!!

        Nesse caso, sugiro que busque o apoio de um advogado trabalhista e previdenciário, caso você não tenha feito pedido no INSS.

        Resposta
        • 31 de maio de 2020 em 13:44
          Permalink

          Oi sofri um assidente de trabalho já faz 4 meses e estou afastado do serviço dei entra no INSS mas ater agora não tive resposta de nada durante esse tempo que estou em casa sem recebe nada do INSS meu padrão tem direito de paga meu salario?? Ou não

          Resposta
          • 1 de junho de 2020 em 07:37
            Permalink

            Bom dia Rafael!!!

            Ainda não se pode cobrar do seu patrão, pois ele somente tem a obrigação dos 15 primeiros dias. após isso, é obrigação do INSS. enquanto estiver sob análise, não receberá nem de um e nem de outro. Quando o INSS decidir, ele vai te pagar os atrasados. E se indeferir seu benefício, terá que entrar com ação judicial.

  • 1 de setembro de 2019 em 12:43
    Permalink

    Eu trabalho em uma empresa aí eu sofri um acidente cortei um dedo só profudo no trabalho ela é uma firma de química aí eu tô na experiência só tenho um mês quando eu voltei eles me mandarão embora

    Resposta
  • 5 de setembro de 2019 em 08:24
    Permalink

    Temos folga mensais e a empresa diz que se dermos atestado perdemos essa folga!
    Tive um acidente de trabalho fiz a cat e agora querem tirar minha folga do mês sou da área de saúde trabalho no período noturno 12×36 isso pode ocorrer?

    Resposta
  • 6 de setembro de 2019 em 16:53
    Permalink

    Sou funcionária pública.. Sofri um acidente de trabalho por negligência da empresa.. Um armário que não estava chumbado na parede, caiu em cima de mim e quebrei 2 dedos da mão.. Quais são meus direitos?

    Resposta
    • 19 de fevereiro de 2020 em 14:14
      Permalink

      Olá!

      Nesse caso, se era empregada com Carteira assinada, poderá analisar sua condição clinica, e ver situações contra o INSS.

      Resposta
    • 9 de julho de 2020 em 13:59
      Permalink

      Quebrei a perna direita uma laje caiu em cima das pernas no meu trabalho firma laje construção Belém PA depois que passar 12 Meses a empresa me manda embora posso pedir indenização pois estou com seqüela na perna

      Resposta
      • 9 de julho de 2020 em 16:07
        Permalink

        Olá!!!

        Se conseguir comprovar tudo isso, pode ser que sim. Mas é sempre bom analisar essa documentação.

        Resposta
  • 14 de outubro de 2019 em 08:59
    Permalink

    Sofri um acidente de trabalho dia 07/11/2016 . mas pra frente fui asatado com a carreta não levaram nada mais comecei a ter problema de nervos foi no picícologo e fui encaminhado para o psiquiatra aí fui na volta dos cincos dias fui mandado embora do trabalho só que minha cirurgia foi marcada para o dia 04 de setembro e ainda estou com sequelas devo ter que operar dinovo .

    Resposta
  • 26 de outubro de 2019 em 14:46
    Permalink

    boa tarde gostaria que me horientasse se tinho direito a pedir uma indenizaçao a empreza que trabalhava entrei em auxilio doença em 2016 tive pericias que comprovarao minha incapacidade agora em setembro de 2019 o juiz determinou que o inss passase meu auxilio doença em aposentadoria por acidente de trabalho retroativo a 2017 no momento o inss assim o fez estou aposentado por acidente de trabalho porem ainda nao fiz recisao por isso lhes pergunto tenho direito de pedir uma indenizaçao

    Resposta
    • 19 de fevereiro de 2020 em 14:12
      Permalink

      Olá!!!

      Converse com um profissional especializado, que lhe esclarecerá essa possibilidade. Pode ser que sim.

      Resposta
  • 12 de novembro de 2019 em 20:34
    Permalink

    Ola meu marido sofreu um acidente com um cavalo na fazenda a onde nos mora ja faz um ano e durante este tempo o patrão noa deu assistência mas agora meu marido procurou ele pra ele ajudar na cirurgia mas ele falou que daria sim à assistência….mas assim que ele voltassem ao trabalho cobraria tudo dele com juras do banca….ele pode fazer isto me ajude por favor

    Resposta
    • 19 de fevereiro de 2020 em 14:11
      Permalink

      Olá!!!

      Teria que entrar com uma ação judicial, para que não devolva esses valores. Contudo, precisará ver o que o juiz decidirá.

      Resposta
  • 17 de novembro de 2019 em 03:36
    Permalink

    Meu irmão caiu no trabalho e rompeu um ligamento do joelho, desde então tem feito procedimentos em hospitais públicos que não tem resolvido. Ele decidiu então procurar um especialista em um hospital particular, que falou da necessidade de cirurgia. A empresa é obrigada a arcar com as custas dessa cirurgia??

    Resposta
    • 19 de fevereiro de 2020 em 14:10
      Permalink

      Olá!

      Para isso ele deverá entrar com uma ação trabalhista e verificar o que o juiz determinará.

      Resposta
  • 23 de novembro de 2019 em 16:20
    Permalink

    Boa tarde a 4 anos atras trabalhava na filial da empresa adquiri uma lesão nos braços burcite dai fui transferida pr matriz agora eles estão querendo me retornar pr antiga função eles tem esse direito de me voltar onde gerei o problema e dizendo se eu quiser só afastar ? Tenho direito de recusar e escolher ficar onde estou atualmente

    Resposta
  • 23 de novembro de 2019 em 16:22
    Permalink

    Boa tarde gostaria de saber se tenho direito de não querer ser transferida pelo meu antigo trabalho onde adquire uma lesão burcite e a empresa está me obrigando a voltar e eu não quero o q devo fazer ? Eles tem direito de fazer isso mesmo eu tendo os laudos

    Resposta
    • 19 de fevereiro de 2020 em 14:09
      Permalink

      Olá!

      Eles precisam colocar você em uma função compatível com suas limitações.

      Converse com um profissional especializado

      Resposta
  • 12 de dezembro de 2019 em 01:04
    Permalink

    Eu trabalhei numa empresa a Dez anos a trás é cai de 3 metros de altura tenho um nervo muscular doendo ainda mas nao coloquei na justiça tenho algum direito?posso ir a trás ou é impossivel agora?

    Resposta
  • 14 de fevereiro de 2020 em 21:49
    Permalink

    Sofri um acidente de moto no meu trabalho,tenho que fazer acompanhamento médico.
    A empresa pode acabar com meu plano de saúde?

    Resposta
  • 31 de março de 2020 em 07:38
    Permalink

    Oi bom dia gostaria de saber por quanto tempo não posso ser mandada embora pô acidente de trabalho sou auxiliar de serviços gerais trabalho no hospital ao recolher o lixo com TDS os meus cuidados havia seringas depositadas no lixo onde furei o meu dedo abri o cat não fiquei afastada porquê não né liberaram tomei coquetel fortíssimo durante 3meses e fui fazendo acompanhamento até agora

    Resposta
    • 11 de abril de 2020 em 19:31
      Permalink

      Olá!!!

      Poderá ter direito a estabilidade se o acidente foi do trabalho. A estabilidade é de 12 meses.

      Resposta
    • 29 de agosto de 2020 em 17:26
      Permalink

      Tive um acidente de trabalho tenho que tomar um medicamento por dez anos a empresa tem direito de pagar meu medicamento por quantos tempo

      Resposta
  • 8 de junho de 2020 em 13:36
    Permalink

    Trabalho em uma padaria e alguns dias a pia emtopio e eu tico contato com água com soda e depois disso eu sinto muita dor nos braços e mão e minhas mãos estão muito inchadas e vermelhas tô fazendo o tratamento e eu queria saber porque sou diarista na padaria e eu quero saber se eles tem que me ajudar nos medicamentos ou não .

    Resposta
    • 11 de junho de 2020 em 15:06
      Permalink

      OLÁ!!!

      SE CONSEGUIR COMPROVAR ISSO, E QUE A CULPA FOI DA EMPRESA, TEM DECISÕES QUE DETERMINAM ISSO.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *